quarta-feira, 6 de abril de 2011

Viva o romantismo!

Quem nunca esperou ouvir uma declaração de amor? É uma massagem para o ego e faz muito bem. Muitas músicas fazem isso, ou acham que estão fazendo, porque às vezes, como dizem, o tiro sai pela culatra.
Exemplo é uma música de um grupo chamado Cogumelo Plutão - Espera na Janela. Talvez muuuuita gente não a conheça ou nem se lembre mais, o certo é que fez muuuito sucesso e tocava sem parar nas rádios FMs. Se não me falha a memória também fez parte de uma novela.
Pois bem, a letra vai bem, em seu intento de ser uma declaração de amor, até chegar no refrão. Vejamos:

Esperando Na Janela
Cogumelo Plutão
Composição : Blanch~


Quando me perdi
Você apareceu
Me fazendo rir
Do que aconteceu
E de medo olhei
Tudo ao meu redor.
Só assim enxerguei
Que agora eu estou melhor.

(Refrão)

Você é a escada da minha subida,
Você é o amor da minha vida,
É o meu abrir de olhos do amanhecer,
Verdade que me leva a viver.
Você é a espera na janela,
A ave que vem de longe tão bela,
A esperança que arde em calor,
Você é a tradução do que é o amor.

E a dor saiu;
Foi você quem me curou.
Quando o mal partiu
Vi que algo em mim mudou
No momento em que quis
Ficar junto de ti
E agora sou feliz,
Pois lhe tenho bem aqui.

(Refrão)

Você é a escada da minha subida,
Você é o amor da minha vida,
É o meu abrir de olhos do amanhecer,
Verdade que me leva a viver.
Você é a espera na janela,
A ave que vem de longe tão bela,
A esperança que arde em calor,
Você é a tradução do que é o amor.

Quando me perdi
Você apareceu
Me fazendo rir
Do que aconteceu
E de medo olhei
Tudo ao meu redor.
Só assim enxerguei
Que agora eu estou melhor.
Estou melhor!

Meditando:

Se lerem bem, verão que uma frase apenas acaba, na minha modesta opinião, com a idéia de declaração de amor. Descobriram?
Nada menos romântico do que dizer que alguém é a "escada da minha subida", não concordam? Será que era só para rimar com "vida"?
Meditando na letra: Em pleno século XXI, dizer que alguém é "escada da minha subida" representa, no mínimo, um relacionamento assimétrico. Dentro da música, em que a amada é retratada como cura de todos os males, esse é o momento mais egoísta, menos romântico da música. Exagerando um pouco, podemos pensar que é o mesmo que dizer que passaremos por cima dessa pessoa, pisaremos nela para alcançarmos nossos objetivos.
Esse termo "escada" é usado na gíria ao falarmos de humor. Refere-se aos figurantes que, num esquete, funcionam como escada para um humorista mais conhecido: sem eles a piada não funciona; porém, apesar disso, são meros coadjuvantes.
Assim, sendo, acho que essa frase do refrão, acaba um pouco com o clima de "declaração de amor" que a música que propõe. Dá, assim, um mau passo ou um passo em falso.